Ano de ligações e sociabilidade – 2022


New year 2022 Resolutions on desk. 2022 goals with open notebook, coffee cup, eyeglasses, plant succulent on green background. Goals, resolutions, plan, strategy, idea concept. New Year 2022

Nesta altura do ano, alguns de nós têm por hábito pensar nas resoluções para o ano advindo. Geralmente, estas resoluções têm por base o que prometemos a nós mesmos fazer, mas que na realidade fica esquecido à medida que a correria do dia-a-dia nos pressiona a ter outras atitudes e ações.

 

Nesta passagem do ano, respire fundo e não se esqueça de pensar em algumas palavras de que irá precisas em 2022. Palavras como “paciência”, “respeito”, “carinho” … Isto porque 2022 parece ser um ano em que as ligações com o Outro serão a grande tónica. Independentemente se tem ou não algum tipo de relação, a verdade é que as ligações emocionais/amorosas vão ter um papel relevante no quotidiano de todo o Ser. E se a sua relação com a família ou com o seu companheiro estiver num ponto culminante, lembre-se da sua lista de resoluções.

 

Menos procrastinação

As posições extremas devido a conflitos onde a empatia e a cooperação com o outro é nula ou exacerbada pode levar a que cada um sinta um vazio dentro de si ou a atitudes obsessivas. Tudo depende de si e da forma como vê o Outro.

2022 traz em si o paradigma da transformação de cada um, pois ao sermos confrontados com as nossas atitudes, valores e crenças perante toda uma sociedade que nos exige a constante ligação ao Outro, somos chamados a um entendimento de nós próprios, o que nos dá a oportunidade única de nos transmutarmos!

 

Pense e reflita: o que gostaria de mudar na sua vida? Quais os seus objetivos e desejos?

O novo ano vai surgir sob a égide de uma Lua Minguante, e, com isso, ficamos perante uma nova etapa de preparação, de libertação daquilo que ainda perdura no etéreo da nossa mente, da nossa alma. Prepare-se para a Lua Nova que chegará no dia 2 de janeiro. Veja e analise o que falta largar das suas emoções e de situações insatisfatórias. Ainda que possa existir uma sensação de cansaço e de resignação, esta é a altura em que não podemos baixar os braços! Faça uma limpeza mental, emocional e doméstica, e liberte-se do que não precisa mais. Recolha energias e utilize-as para pôr fim a coisas pendentes.

Na sua lista de resoluções consta “paciência”, “respeito”, “carinho”… Tem a certeza de que nada falta? Neste ano, a saúde e o bem-estar serão o foco, com os cuidados de saúde a serem uma primazia na vida do coletivo. A necessidade de ter a dieta perfeita, um corpo saudável e em forma será uma tónica para o ano todo. Cuide-se! Faça um check-up anual! Veja o que pode fazer para alterar o seu sedentarismo, a procrastinação que todos temos.

 

Entreajuda e compreensão

Em termos financeiros, o ano apresenta-se como um ano de serviço, de continuidade e de esforço constante. A nossa ligação com o trabalho estará de acordo com a dualidade do ano: amamos ou odiamos. Esta consciência de ligação vai refletir-se em vários aspetos da nossa vida, em novas parcerias, no surgimento de novos grupos sociais, na nossa necessidade de pertença, mas também a nível espiritual com novos insights e alinhamentos a surgirem.

A necessidade de ser parte de algo pode conduzir a posições extremas e ao agudizar de atitudes consideradas extremistas com grupos de posições contrárias a encerrarem fileiras em torno do que consideram ser a sua razão.

A própria sociedade está a passar por uma alteração de pressupostos e procedimentos com o surgir de novas formas de empregabilidade, sociabilidade e integração. Essas modificações vão aparecer de modo mais assertivo e forte, e vão “organizar-se” para assim se edificarem como uma nova realidade.

Todos temos um papel relevante neste ano que se avizinha, seja através da forma como encaramos o Outro, seja pela consciencialização do nosso papel no mundo. Os padrões inerentes a cada Ser e que se manifestam na nossa vida de forma, muitas vezes, inconscientes e “mecanizados” devem ser analisados e considerados nesta nova etapa. Através da sua compreensão e apreensão, estamos conscientes de que forma podemos ser felizes e cumprir os nossos objetivos enquanto seres “holísticos” na sua verdadeira conceção: mental, física, emocional e espiritual. A importância de consciencialização do nosso Ser torna-se uma prioridade, pois 2022 vai pedir-nos entreajuda, cuidar do Outro, sem pensarmos no retorno que pode advir.

 

Exercício de fim de ano:

Pegue num lápis e num papel, e escreva as seguintes palavras:

Ligações, Serviço, Aprendizagem, Sociedade, Amigos, Companheiro(a)

Ao escrever cada palavra, interiorize o que cada uma delas o faz sentir e tome consciência dessa aprendizagem. Verá que 2022 será um excelente ano de desenvolvimento pessoal do seu próprio Ser.

 

Vamos dar as boas-vindas a 2022 conscientes de que será um ano emocionalmente desafiante.

 

Sandra Costa
www.guidingvoices.pt
Análise efetuada pelo Método NTCÒ
https://www.ntcmethod.pt

Anterior 3 Reis e Um par de Meias: Iniciativa solidária
Seguinte Nutrição personalizada no Natal e Ano Novo