Corrigir a visão com Yoga – Método japonês que não inclui óculos, lentes ou cirurgia


Businesswoman meditating at park

Para a maior parte das pessoas que trabalham em empresas, o computador é indispensável, e muitas delas fixam o monitor durante mais de dez horas por dia. Se não cuidarem da miopia, provocada pelas prolongadas sessões de exposição ao computador, podem desenvolver doenças oculares inacreditáveis.

 

Miopia provocada pelos computadores 

Nós, seres humanos modernos, estamos a dar cabo dos nossos olhos.

Ao contrário dos tempos passados, em que acordávamos ao nascer do sol e íamos dormir ao anoitecer, ficamos acordados pela noite fora, a ver televisão ou DVD’s, a jogar videojogos ou a navegar na Internet. As lojas de conveniência, abertas durante 24 horas, estão cheias de pessoas, mesmo à meia-noite. Quanto mais reduz o seu tempo de sono, mais os olhos estarão a fazer horas extraordinárias, privando-os do repouso necessário.

Os ecrãs LCD dos computadores e dos smartphones também não ajudam. Quando está no seu computador, a olhar para o ecrã LCD de muito perto, está num estado de tensão constante, com as pupilas dilatadas durante um período prolongado. De facto, está a dar cabo dos músculos que circundam os olhos, provocando uma deterioração da visão que conduz à miopia.

Também a tecnologia LED – usada para a retroiluminação dos ecrãs LCD – é  fonte de problemas. A percentagem de luz azul, uma luz com um comprimento de onda curto, presente neste tipo de iluminação, é elevada e, comparada com a luz solar natural, a luz azul coloca um fardo mais pesado aos nossos olhos. Apesar de poupar energia e de ser amiga do ambiente, não é de todo amiga dos nossos olhos. Aliás, há estudos recentes que mostram uma ligação causal entre a luz azul da tecnologia LED e a degeneração macular (uma doença que consiste na degeneração da mácula da retina).

Chamo a esta manifestação da miopia, que avança continuamente, “miopia provocada pelo computador”. Se compararmos a miopia tradicional com uma constipação normal, podemos dizer que a miopia provocada pelo computador é uma nova estirpe de gripe. Este tipo de miopia afeta de forma galopante a mente e o corpo e, tal como uma doença infeciosa de origem viral, não cessa de se propagar, infetando um utilizador atrás do outro.

Mesmo que a sua visão se recupere, se não tiver cuidado, os sintomas regressarão rapidamente e, se não fizer nada, podem levar à perda da visão.

Depois de utilizar o computador durante sete ou oito horas no trabalho, continua a olhar para o ecrã do seu telemóvel ou smartphone e, quando chega a casa, perde-se a navegar na Internet. Este estilo de vida é o terreno ideal para a miopia provocada pelo computador.

Não há muito tempo, dizia-se que quando se entrava na casa dos vinte anos, a miopia deixava de progredir. Mas nos tempos que correm, não parece abrandar. Como indicam os dados anteriores, 48% dos adultos têm uma acuidade visual de 0,1/10 ou menos.

No caso do glaucoma, que é provocado pela miopia, a visão entra em declínio por causa dos maus tratos aos olhos, e uma extrema diminuição no fluxo sanguíneo do pescoço para cima priva o nervo ótico de uma alimentação absolutamente necessária. O computador é certamente indispensável na nossa vida quotidiana. No entanto, ao mesmo tempo não devemos nunca esquecer que também é um verdadeiro monstro que pode desferir um golpe mortal.

 

Trave a miopia provocada pelo computador

  1. Exercício de abrir e fechar

Feche os olhos com força durante dez segundos à Abra os olhos e olhe para cima durante dez segundos à Feche outra vez os olhos com força durante dez segundos à Abra os olhos e agora olhe para baixo durante dez segundos à Feche outra vez os olhos com força durante dez segundos à Abra os olhos e olhe para a direita durante dez segundos à Feche outra vez os olhos com força durante dez segundos à Abra os olhos e olhe para a esquerda durante dez segundos à Feche outra vez os olhos durante dez segundos. Repita esta rotina completa duas vezes.

Estes exercícios são uma massagem aos olhos, que lhe permitirá não só fazer uso dos músculos extraoculares como também dos músculos miméticos em redor dos olhos, que são responsáveis pelas suas expressões faciais. Com efeito, estes exercícios vão melhorar a circulação e fortalecer os vasos sanguíneos.

 

  1. Exercício do círculo/triângulo/quadrado

Primeiro, para não mover o rosto, segure o queixo com a mão esquerda e, em seguida, desenhe lentamente no ar com o indicador direito um grande círculo, seguindo a ponta do dedo com os dois olhos. Da mesma forma, desenhe um grande triângulo e um grande quadrado, seguindo outra vez a ponta do dedo com os dois olhos. Segure agora o queixo com a mão direita e desenhe um círculo, um triângulo e um quadrado com a mão esquerda, seguindo a ponta do dedo ao fazê-lo. Repita cada uma destas sequências duas vezes.

A forma que encontramos mais frequentemente é o quadrado, seguido do círculo e do triângulo. Estes exercícios servirão não só de treino para expandir a sua perspetiva visual, como também o ajudarão a discernir imediatamente aquilo que vê ao aumentar a capacidade do seu cérebro de reconhecer formas diferentes.

 

  1. Exercício de ziguezague

Desenhe uma linha em ziguezague numa folha. Percorra as linhas com os olhos de cima para baixo e depois de baixo para cima. Repita várias vezes durante dois minutos. Como o texto nos ecrãs dos computadores está sobretudo disposto horizontalmente, da esquerda para a direita, é nesse sentido que o percorremos. Ao mover os olhos para cima e para baixo ao longo das linhas em ziguezague, poderá exercitar movimentos oculares opostos. Além disso, depois de passar muito tempo a ler, por exemplo, um livro ou um jornal japonês, em que o texto é formatado verticalmente, se mover os olhos para a direita e para a esquerda com este livro na posição vertical, estará a restaurar um alinhamento equilibrado para os seus olhos.

 

  1. Exercício abrangente para os músculos extraoculares

Coloque o polegar da sua mão dominante a 10 centímetros dos olhos. Mova-o 15 centímetros para a direita e volte à posição inicial, seguindo o movimento dos olhos. Da mesma forma, mova o polegar para a esquerda, depois para cima à esquerda e para baixo à direita, seguindo-o com os olhos. De início, pode mover o dedo lentamente, mas, à medida que se vai habituando ao exercício, vá aumentando a velocidade.

Recorde que é importante seguir o movimento do polegar com precisão. Desde que os músculos oculares internos dos dois olhos sejam usados com moderação, juntamente com todos os músculos retos e oblíquos extraoculares, conseguirá desenvolvê-los de forma equilibrada. Este exercício é eficaz para corrigir o astigmatismo.

—————————————–

Nakagawa, Dr. Kazuhiro (2017) Ioga para corrigir a visão. Pergaminho

Reiki & Yoga Pártico nº 29

Anterior Terapia Quântica - Conheça os benefícios da Terapia Energética
Seguinte “Outubro Rosa” - Cancro da mama