Estará o sorriso pronto para a rentrée?


Se há alturas em que os sorrisos são mais felizes é no verão. Há quem trabalhe um ano inteiro à espera daqueles 15 dias de férias, sem preocupações, responsabilidades e problemas. As praias enchem-se de turistas, os bares de adeptos de bebidas frescas e os restaurantes de amantes de petiscos. Durante as férias, não faltam motivos para sorrir. Mas e depois? Quando o verão chega ao fim, o que é feito dos nossos sorrisos?

Como está a saúde dos seus dentes?

Além de perspetivarmos esta pergunta do ponto de vista emocional, a verdade é que, além de os sorrisos se desvanecerem após as férias, trazem marcas deixadas pela rotina habitual desses tão aclamados dias. Não só de depressão pós-férias se faz o final do verão, mas também de uma necessidade de um check-up oral ao sorriso de cada um. Bolas de Berlim, crepes e gelados são a companhia perfeita na estação mais quente do ano, mas são também os principais responsáveis por sorrisos menos saudáveis na altura da rentrée.

A rentrée caracteriza-se por ser uma altura de regressos e recomeços, quer para a vida académica e escolar, quer para a vida profissional. Assim, independentemente da idade e dos vícios favoritos de verão, todos devem preparar esse regresso de forma saudável. Apesar de muitas vezes desvalorizada, a saúde oral ganha uma importância significativamente maior na altura da rentrée, tendo em conta os habituais excessos e descuidos alimentares, e deve ser prioridade no período pós-férias.

 

Não basta uma boa higienização!

A saúde não tira férias, mas são muitos os que se esquecem dela nos habituais 15 dias de praia e descanso. No que toca à saúde oral, essa é mais facilmente esquecida, mas não tem mal. Se rentrée significa recomeçar, o mesmo termo se aplica aos cuidados e hábitos de higiene que, à partida, deveriam ser diários. As consultas de rotina são quase obrigatórias no mês de setembro para se controlar possíveis cáries impulsionadas por tanto doce e a avaliação do estado geral dos dentes e da boca surge como um dos passos principais antes de retomar a normalidade, para garantir que do verão só restam boas memórias e nada mais.

Além de uma preocupação necessária com a saúde oral, preparar o sorriso para a rentrée passa por aproveitar a oportunidade para investir num sorriso de sonho. Numa altura de recomeços, há quem trace novos objetivos para cumprir até ao final do ano e um dos muitos possíveis consiste em investir no tratamento que outrora ficou adiado, para que fosse possível desfrutar das férias sem restrições. Tendo em conta que a saúde dos dentes não passa apenas pela sua higienização, é importante relembrar que alinhar o sorriso é um passo para o ter 100% feliz, confiante e motivado para os desafios que virão com o regresso à vida ativa.

 

Futuro mais risonho

O truque para iniciar uma nova fase de responsabilidades após as férias consiste em preparar da melhor forma o sorriso e encarar este novo período da maneira mais confiante e saudável possível. Um bom verão traz muitos sorrisos, mas um bom sorriso traz novas e melhores oportunidades de se ser bem-sucedido no campo académico e profissional, e é disso que se trata um bom regresso ao trabalho.

Estará o sorriso pronto para a rentrée? Esta é a pergunta que se impõe, mas que não permanecerá sem resposta por muito tempo. A caminhar para o fim do verão, chega a consciência de que é altura de combater os excessos passados, encontrar novos motivos para sorrir e preparar o futuro. E o futuro? Esse faz-se sorrindo, sempre, mas se for de forma saudável, melhor ainda.

 

Khaled Kasem

Chefe de ortodontia da Impress

Mais notícias sobre Saúde Oral no nosso site.

Anterior Gerir o stress: Desacelerar o coração em 5 passos
Seguinte Stress e esgotamentos: 3 fontes que interferem com o bem-estar

Nenhum Comentário

Deixar um Comentário