Exercícios – Quais são os seus valores?


Two luxury brunette with long hair in vintage dresses, sitting on the threshold of the old house in front of the massive door. One lady put my head on my knees the other. Fantastic shooting in nature. Fashionable toning. Creative color.

As pessoas esqueceram-se dos seus valores e todos os dias tomam decisões sem pensar se o que decidiram está de acordo com aquilo em que acreditam. Quem o diz é Paula Abreu, em Escolhe a tua Vida (editora Marcador).

Eu ponho a culpa disso na louca velocidade do mundo, na sensação que temos, a cada instante, de estar a perder tempo com algo que nem se sabe o que é. Culpo também essa coisinha confortável que é a inércia, a tendência que temos para nos deixarmos levar pela vida.

A grande verdade é que muitas vezes mal conhecemos os nossos próprios valores. Não nos ensinam a pensar nisso. Pelo contrário, somos constantemente bombardeados por valores alheios, que acabamos por absorver por osmose e sobre os quais nunca paramos para refletir. Pense sobre os seus valores, tente perceber quais são, dê-lhes uma limpadela, redefina-os – tudo isso vai ajudá-lo a perceber melhor quem é, vai auxilia-lo com qualquer mudança que queira fazer na vida e com qualquer decisão importante que tenha de tomar.

Exercício: descubra os seus valores

 Defina os seus valores.

Numa folha de papel, faça uma lista das 12 a 15 coisas que são importantes para si. Eis algumas sugestões, mas fique à vontade para adicionar qualquer uma à lista:

Aventura – Afeto – Autenticidade – Equilíbrio – Mudança – Dinamismo – Comunidade – Conexão – Contribuição – Partilha – Criatividade – Disciplina – Energia – Família – Liberdade – Amizade – Diversão – Crescimento – Harmonia – Honestidade – Independência – Inovação – Integridade – Aprendizagem – Amor – Lealdade – Ordem – Organização – Paz – Prazer – Sexo – Sensualidade – Propósito – Poder – Reconhecimento – Respeito – Espiritualidade – Segurança – Sucesso – Confiança – Saúde – Sabedoria

Eis algumas perguntas que pode fazer a si mesmo e que o podem ajudar a identificar os seus valores:

  • O que é importante para mim?
  • Quais são as minhas verdades e crenças?
  • O que defendo?
  • O que me deixa acordado à noite?
  • O que me faz dormir em paz?
  • O que quero verdadeiramente?
  1. Agrupe valores.

Tente agrupar os itens da sua lista e elimine aqueles que são redundantes (por exemplo, integridade/honestidade). Reduza a relação a um máximo de nove valores.

  1. Separe os “valores intermédios” dos “valores finais”.

Todos os valores são importantes, mas alguns são apenas um caminho para um objetivo, ou seja, são “valores intermédios”, que o levarão a “valores finais”. Dinheiro, casa e trabalho são, por exemplo, valores intermédios. O dinheiro pode levar aos valores da segurança, da liberdade, da paz e da diversão, que são valores finais. Já a casa pode agregar valores como a segurança, o espaço e a alegria. Finalmente, o trabalho pode criar os valores do propósito, da energia e da liberdade.

Em geral, os valores finais são conquistas abstratas: amor, paz, liberdade, autoestima, confiança, poder, honestidade, conhecimento e alegria. São coisas em que não podemos tocar, mas que sabemos, intuitivamente, que temos ou que não temos.

Agora, pegue na sua lista de nove valores e pergunte a si mesmo o que significa cada um: “O que é que este valor me oferece?”. Continue a fazer a si mesmo esta pergunta até que tenha a certeza de que chegou aos seus valores finais, eliminando os intermédios.

 Dê uma escala aos seus valores.

Ordene os seus valores finais por ordem de prioridade.

Leia mais artigos do género na revista Astrologia 2021
Escolhe a tua vida - valores

Abreu, Paula (2020) Escolhe a tua vida. Marcador

Anterior Astrologia Chinesa para 2021
Seguinte Personalidade de cada signo

Nenhum Comentário

Deixar um Comentário