Olá harmonia! – Adeus crise e tempos conturbados…


Portrait of smiling female artist with curly hair in hat. Girl draws a picture of a landscape in a wheat field. Copy space.

O ano de 2020 apanhou-nos desprevenidos. A pandemia trouxe-nos a incerteza e hoje temos de lidar com todas as consequências que alteraram o mundo. E o nosso mundo? O que mudou dentro de todos nós?

 

Por certo, a ansiedade causada pela incerteza prevalece e a saudade de abraçar o próximo é gritante. Mais do que nunca, fomos postos à prova com a oportunidade de transformar a nossa vida, de fazermos uma reflexão do nosso caminho e de nos reinventarmos. Para nos erguermos num momento de crise, é necessário que estejamos motivados para o efeito, mas sobretudo é necessário saber agarrar esta oportunidade única que é viver. E é sobre esse pensamento condutor que devemos abraçar o nosso caminho, mesmo que ele seja feito de mil e uma mudanças.

Sem medo da mudança

É essencial trabalhar a autoconfiança para a mudança não ser assustadora. Uma das melhores formas de a trabalharmos é propondo-nos a um caminho de autoconhecimento, onde descobrimos o que temos de melhor, os nossos talentos, pontos fortes e pontos fracos. Assim, sabemos do que somos capazes, o que precisamos de trabalhar, as decisões tornam-se mais fáceis e a motivação surge.

É na ação que encontramos o nosso caminho. Afinal, como sabemos que não conseguimos se não tentamos?

Não só aumentamos a confiança em nós mesmos, como também aprendemos a valorizar o nosso esforço, a trabalhar a autocompaixão e a promover o amor-próprio. Nos dias que correm, muito se fala sobre amor-próprio e é muito positivo falarmos frequentemente sobre ele, de forma a recordar que somos a única pessoa que levaremos para o resto da nossa vida. Estamos connosco desde que nascemos.

Como podemos não nos amar? Nutrir este sentimento por nós próprios é fundamental para a promoção de uma relação saudável e equilibrada connosco e com os outros. Escutarmos aquilo que sentimos, o que queremos, o que precisamos é um ato de amor-próprio e deverá ser uma prioridade na nossa vida. Mais ninguém é responsável pela nossa felicidade e bem-estar. Assim, devemos assumir este compromisso connosco para o resto da vida.

É hora de agir e construir!

Durante 2020, muitas foram as pessoas que se reinventaram, que relataram estar a passar por um momento de transformação, que se agarraram a elas próprias e foram buscar forças onde não sabiam que existiam. É isso que devemos retirar de bom de 2020: foi um ano de transformação e mudança. Mas como podemos passar à ação?

  • Comece por mergulhar no seu interior e escute os seus desejos;
  • Aprenda a confiar em si, promovendo todo o amor que tem para dar a si mesmo;
  • Priorize os momentos mais importantes;
  • Faça uma limpeza de tudo o que já não precisa;
  • Reflita sobre as suas escolhas futuras com a certeza de que é no presente que reside e que é ele que quer aproveitar.

 

Se confiarmos em nós próprios, estaremos prontos para todas as batalhas. Teremos força para remar nas águas mais turvas. Encontraremos em nós a solução para todos os problemas que outrora nos pareciam tão grandiosos. Esta é a certeza que temos: connosco não estamos sozinhos. Vamos respirar e seguir a nossa intuição. No final, vai ficar tudo bem.

 

Carla Salustiano
www.carlasalustiano.pt
Instagram: @carlasalustiano.pt

Anterior Agradecer à vida
Seguinte Astrologia Chinesa para 2021

Nenhum Comentário

Deixar um Comentário