Onde nos leva a Meditação?


Woman is sitting in relaxed position on tropical sandy beach. Body parts. Tanned girl in lotus position dressed in silver jewelry,bracelets and rings.Boho style.

Vida com uma nova dimensão através da Meditação

Ao focalizarmos a atenção apenas na respiração, observando os seus movimentos, a mente aquieta-se e entra num estado de inatividade. Nestes momentos, em que a mente e o corpo estão totalmente relaxados e a atividade de ambos é quase nula, a respiração é tão serena que, por vezes, não sabemos se estamos a respirar.

Este estado de zero atividade é altamente benéfico, pois é nele que se dá uma maior absorção da tal energia subtil de que falam os Hindus há milhares de anos: prana. Quando prana começa a ser absorvido é experimentado como um enorme fluxo de vitalidade que percorre corpo e mente. Apesar de nesta fase de relaxamento não sentirmos o corpo, interiormente sentimo-nos com uma enorme vivacidade, pois em nós circula a energia vital. Sentimo-nos totalmente energizados, presentes, despertos, repletos de força e energia. É como se estivéssemos mergulhados numa fonte revigorante que nos renova e purifica.

Mente descontraída

O relaxamento da mente faz com que esta se esvazie de todo o stress e inquietação, de toda a angústia e, com a prática, aquilo que nos perturbava afasta-se da nossa mente e, portanto, perde a importância que tinha anteriormente. Consequentemente, já não retaliamos porque estamos totalmente em paz e as sementes do ódio e vingança começam a ser destruídas, ficando apenas aquilo que é eterno e verdadeiro, a paz serena e um enorme amor pela vida, por nós mesmos e pelos outros.

Este estado de pureza interior é um estado sem palavras, completo em si mesmo, já que não precisa de nada. Pode ser comparado a um estado de graça, a partir do qual vemos um mundo perfeito e fazemos muitas compreensões. Sentimo-nos gratos por tudo e abençoados.

Reencontro com a nossa natureza

A prática regular da Meditação leva-nos, portanto, ao reconhecimento da nossa verdadeira natureza, coloca-nos face a face com a essência e beleza do nosso Ser. Esses momentos de contacto íntimo com o que no mais profundo de nós somos, pode ser uma grande revelação e, eventualmente, levar-nos a uma mudança radical na nossa vida. Essa transformação interior levar-nos-á a fazer mudanças na nossa forma de estar e de viver a vida, simplificando-a, o que nos trará uma renovada alegria e muita serenidade.

A Meditação traz clareza à mente, consequentemente faz-nos distinguir o que é verdadeiramente importante daquilo que não o é. Neste processo de clarificação da mente e da nossa vida, vamos fazendo um vasto conjunto de compreensões. Passamos a questionar tudo e, fruto desta reflexão, já não nos deixamos levar por ilusões. Compreendemos que a vida é simples e que somos nós quem a complica. Esta nova compreensão da vida, de nós mesmos e do mundo, faz-nos perceber que somos a pessoa mais importante da nossa vida e que temos uma grande responsabilidade connosco mesmos: a de descobrirmos as nossas qualidades únicas e as exteriorizarmos. Deixamos também de controlar a vida dos outros, porque percebemos que cada um é livre e tem de fazer as suas próprias experiências para poder exprimir o seu ser, aprender e evoluir.

Estamos em paz connosco e com o mundo e, quando meditamos, mergulhamos num estado de elevação espiritual tão grande que não há palavras para o descrever. Esta prática milenar é verdadeiramente transformadora. Uns segundos desta elevação, desta energia poderosa, desta união com a Fonte da Vida traz-nos uma vitalidade imensa e um bem-estar sem igual.

 

O estado de serenidade a que a Meditação nos leva ajuda-nos a perdoar tudo, a libertar em nós tudo o que nos causa dor e sofrimento.

ABC da Meditação

Viana, Maria João (2019) ABC da Meditação. Nascente

Mais artigos sobre Meditação no nosso site.

Anterior Entrevista - “A organização dá-nos foco, alinhamento, praticidade.”
Seguinte 5 passos - transformar o sofrimento em felicidade com reiki