Parabéns


Flor Lótus
Beautiful rich colors of a waterlily on the water's surface. This beautiful Water Lily was photographed in the shade of a Weeping Willow tree on a calm day with very soft light. The rich colors and saturation of this image is a story in itself. It's an almost surreal image. [url=file_closeup.php?id=9363934][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=9363934[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=9040757][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=9040757[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=8774104][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=8774104[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=8774039][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=8774039[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=9243249][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=9243249[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=10825113][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=10825113[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=10661346][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=10661346[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=10440629][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=10440629[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=12881159][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=12881159[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=12881092][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=12881092[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=12881089][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=12881089[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=12879278][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=12879278[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=12879272][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=12879272[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=17489144][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=17489144[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=17322997][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=17322997[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=19498398][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=19498398[/img][/url] [url=file_closeup.php?id=21733053][img]file_thumbview_approve.php?size=1&id=21733053[/img][/url]

Este mês quero dar-lhe os parabéns. Em primeiro lugar, por ser uma pessoa maravilhosa, com garra, que nunca desiste e que continua otimista e determinada, apesar de tudo. Em segundo lugar, por ter decidido continuar a ler a Zen Energy, uma revista que, mais do que nunca, pode ajudá-lo a colocar questões poderosas, essenciais ao seu bem-estar mental e emocional.

Como sempre, pode contar connosco para o apoiar na procura de respostas e soluções num período de intensa reflexão e de transformação, que nos coloca perante nós mesmos e uma nova realidade que teremos de aceitar, controlar e superar. Mas não está sozinho!

A nossa revista está na sua vida para o inspirar e acompanhar na sua necessidade de descobrir novas formas de estar, de viver e de participar no mundo. Parabéns. Faz parte de uma minoria que vai ajudar o Todo a subir de nível de consciência para uma vida com sentido.

 O ser humano é concebido de tal forma que, mesmo no meio do caos, consegue encontrar soluções inesperadas que nunca lhe teriam ocorrido “em tempos normais”. Cada um de nós irá viver este período de transformação de uma maneira muito própria, já que tivemos de nos adaptar rapidamente e de reinventar modos de vida e de existência com os quais não estávamos familiarizados.

As mudanças do último ano foram muito bruscas, repentinas, inesperadas e podem ter deixado à beira do desespero mais do que uma pessoa.  No meio do caos, lá fora, muitos aproveitaram para um mergulho interior, para refletir naquilo que tem verdadeiramente relevância nas suas vidas.

O isolamento é uma oportunidade muito rica de introspeção. Podemos considerá-la um retiro espiritual, um momento de aprendizagem para transformar os nossos problemas em experiências de vida que demonstram a força extraordinária que existe em cada um de nós.

 Não é fácil erguer-se acima das intempéries da vida e conseguir florescer em ambientes menos agradáveis e amigáveis, mas é possível. Basta sairmos da nossa zona de conforto. Costumo comparar o ser humano a uma flor de lótus. Esta flor maravilhosa, venerada em muitos lugares do mundo, desde a Índia, Japão, China e Egito, emerge da lama, das águas sujas, turvas, estagnadas nos lagos e nas lagoas.

A lenda budista relata que quando Siddharta, que mais tarde se tornou Buddha, tocou no solo e deu os seus primeiros passos, sete flores de lótus cresceram.

Na crença hindu, a flor de lótus simboliza a beleza, mas também a força interior, o viver sereno no meio da confusão, sem atribuir importância àquilo que nos rodeia. Ela simboliza a expansão espiritual, o sagrado, o puro que tem essa capacidade incrível de atravessar a lama para dar origem a uma flor espetacular.

No Yoga indiano, ela está associada ao sétimo chacra, que simboliza a pureza do coração, mas também a expansão da consciência e a conexão profunda com o plano espiritual.

Uma das curiosidades é que as suas pétalas se fecham durante a noite e a flor submerge. Com os primeiros raios de sol, a flor de lótus reaparece sobre a água e abre novamente as suas pétalas.

No Egito, o principal significado é o nascimento e o renascimento, devido ao abrir e fechar das pétalas, conforme o movimento da Terra à volta do sol.

Podemos inspirar-nos na flor de lótus para aprender a ser resiliente, a capacidade de nos reinventarmos e renascermos a cada dia que passa, apesar das vicissitudes da vida, para irradiar luz, pureza e beleza.

 No ano passado, apercebemo-nos de que para satisfazermos as nossas necessidades essenciais, básicas, não precisamos de muito dinheiro, mas sim de humanidade, simpatia e empatia, de um pouco de calor humano com cheiro a ternura. Precisamos de abraços. Muitos abraços, bem aconchegadinhos.

Chegámos a um momento de resgate do simples, do natural, do básico e do autêntico, tal como de todos os valores imprescindíveis à nossa existência. Ser grato, consumir menos e refletir mais pode ajudar o nosso bolso, mas também pode despoletar um despertar espiritual que mude a nossa vida para sempre.

O indivíduo consciente vive em constante observação e reflexão, o que o ajuda a entender-se melhor e a controlar as suas emoções para ficar mais seguro, no leme da sua vida, prestes a tornar-se espetacular.

Este último ano demonstrou que podemos simplesmente olhar para uma flor, abraçar uma árvore, beijar alguém que amamos e sentir a felicidade invadir o nosso coração.

Tal como a flor de lótus, a sua alma consegue erguer-se acima das águas turvas, das ondas de tristeza e de depressão criadas pela pandemia para irradiar serenidade, determinação, otimismo e a capacidade de superar todas as adversidades da vida com consciência, ousadia e fé.

 Há inúmeras perguntas que nos podem ser benéficas, que nos ajudam a evoluir e a melhorar a nossa vida e a vida das pessoas à nossa volta. Uma destas perguntas, a minha favorita, é: O que posso fazer pelos outros e pelo mundo? Ou seja, como posso contribuir para a existência de mais paz, mais equilíbrio, mais amor, mais consciência, mais respeito, mais civismo, mais solidariedade e compreensão?

“(…) para satisfazermos as nossas necessidades essenciais, básicas, não precisamos de muito dinheiro, mas sim de humanidade…”

Deixo a dica e esperamos receber brevemente as vossas respostas criativas que serão publicadas nas nossas redes sociais e que farão, sem dúvida, a diferença no mundo.

Elisabeth Barnard "parabéns"

Um abraço, Elisabeth.

Mais artigos da autoria da Diretora Elisabeth Barnard.

Anterior Tratar a enxaqueca - Truques naturais que garantem maior alívio
Seguinte 10 Benefícios de ter um animal de estimação