Yoga do riso – 10 minutos por dia não sabe o bem que lhe fazia!


Vivemos os tempos mais desafiantes de que temos memória. Temos de ter uma capacidade de resiliência poderosa para dar a volta às situações que surgem diariamente e é aqui que entra o Yoga do Riso.

O riso ajudar-nos-á a ter uma vida mais equilibrada e saudável de forma eficaz e harmoniosa.

Este método eficaz e rápido pode ajudar-nos a “dar a volta” ao quotidiano simplesmente ao exercitar o nosso riso diariamente. O organismo não distingue o riso induzido do riso verdadeiro e produz os mesmos benefícios na saúde física, mental, emocional, social e espiritual.

 

  • Está demonstrado cientificamente que rir produz hormonas ligadas ao bem-estar, revitaliza a nossa energia e serve como medida de prevenção para a depressão (serotonina, endorfinas, dopamina e oxitocina, entre outras…);
  • Ideal para quem está em tratamento, pois acelera o processo de cura;
  • Reduz os níveis de cortisol (a hormona que produz stress);
  • Reduz a ansiedade, o medo, o tédio, a raiva, o mau humor;
  • Fortalece o sistema imunitário;
  • Oxigena corpo e mente;
  • Alivia as tensões acumuladas;
  • Aumenta a autoestima, a autoconfiança, a capacidade de comunicar e cria mais alegria e harmonia entre as pessoas;
  • Produz um profundo estado de relaxamento.

 

Sabia que…

Basta rir 10 minutos por dia de forma continuada para manter a saúde?

 

Como podemos praticar?

Quando acordar, coloque-se em frente ao espelho. Olhe-se e desate a rir como quando era criança. Se tem filhos também pode rir com eles durante o pequeno-almoço para começar o dia com energia positiva e rodeado de alegria. Pode rir no banho e até pode rir de forma silenciosa, se não quiser incomodar. Os benefícios são os mesmos. O importante é rir, rir por tudo e por nada. Em qualquer altura e em qualquer momento que nos apeteça. Pode parecer um assunto fútil, mas acredite que rir é um assunto sério.

No meu primeiro livro, O Riso na Minha Vida, explico como o Yoga do Riso me ajudou a superar uma depressão profunda. Aos 31 anos iniciei um tratamento convencional que me ajudou bastante. Até que, aos 34 anos, encontrei o Yoga do Riso e foi aí que tudo se transformou. Recuperei a alegria de viver e o sentido do humor em apenas seis meses de prática diária.

O Yoga do Riso não é uma terapia. Ele apoia o processo terapêutico convencional e não devemos deixar a medicação que estamos a tomar sem prescrição do nosso médico. Neste momento, estou quase a fazer 50 anos. Nunca tive uma recaída na minha depressão, o que é raro, porque quando nos deprimimos tão jovens, a tendência para uma recaída é grande. Por isso, se me ajuda a mim, também poderá ajudá-lo a si.

 

Ria de tudo e de nada

Todos temos a capacidade de renascer das “cinzas” e, muitas vezes, ficamos espantados com a nossa capacidade de agir e de continuar a lutar pelos nossos sonhos, aconteça o que acontecer. Quando praticamos riso, estamos também a mudar a nossa vibração e a vibração do local onde praticamos. Neste caso, estamos em casa e a energia que emitimos durante o riso fica lá. E é contagiante.

Quando dinamizo sessões de riso para empresas é divertido ouvir que a família fica curiosa quando ouve o participante rir. Muitas vezes, a família, em especial as crianças, também ficam contagiadas com os nossos risos. Rir pode servir também como ponte para iniciar uma meditação profunda. Quando rimos “não pensamos” e nesse momento estamos presentes no “aqui e no agora” e isto é meditação. Dez minutos de riso continuado equivalem a duas horas de meditação passiva. Poderoso, certo?

Então, o que se segue é a parte prática, que acaba por ser a parte mais importante. Pode rir com som, sussurrando ou em silêncio. Pode brincar que está a rir ao telemóvel, rir dos objetivos pessoais e profissionais, rir enquanto elogia alguém e aceitar ser elogiado, rir oferecendo gratidão, rir “com” e “dos” desafios e rir de tudo o que sinta ser necessário rir. E claro, rir connosco próprios para continuar a rir com os outros.

Praticar o sorriso também ajuda a comunicar mais abertamente e agora que andamos com máscaras podemos também sorrir com os olhos. O riso ajudar-nos-á a ter uma vida mais equilibrada e saudável de forma eficaz e harmoniosa.

 

Sabrina Tacconi

Sabrina Tacconi

Master Trainer de Yoga do Riso

Autora

http://terapiadoriso.pt

info@terapiadoriso.pt

Mais artigos sobre este tema no nosso site.

Artigo originalmente publicado na revista Zen Energy de Maio, nº 148.
Anterior 8 de maio: Dia Mundial do Cancro do Ovário
Seguinte PASSATEMPO ZEN ENERGY - até 20 de Maio